Publicado em 20/11/2015 às 07h08.

Três reféns são mortos e 80 liberados em hotel de luxo na capital do Mali

A polícia libertou três dezenas de reféns e que outros conseguiram fugir sozinhos

Agência Brasil

Cerca de 80 das 170 pessoas feitas reféns durante um ataque armado nesta sexta-feira (20) ao hotel de luxo Radisson Blu, em Bamako, no Mali, na África foram libertadas.

O ministro da Segurança, coronel Salif Traoré, disse que a polícia libertou três dezenas de reféns e que outros conseguiram fugir sozinhos.

Homens armados atacaram hoje o hotel de luxo Radisson Blu, na capital do Mali, fazendo 170 reféns entre hóspedes e funcionários e matando pelo menos três pessoas.

Fontes da segurança disseram que os homens são jihadistas que chegaram ao hotel num automóvel com matrícula diplomática, entraram e começaram a disparar armas automáticas.

A França anunciou que vai enviar cerca de 40 policiais de uma unidade de elite.

PUBLICIDADE
Temas: jihadistas , Mali , reféns