Publicado em 24/05/2022 às 22h06.

Biden após ataque a escola no Texas: É hora de agir contra lobby de armas nos EUA

Lobby é um modelo institucionalizado presente desde a Constituição de 1791 nos EUA, prática regularizada, e que permite que grupos defendam seus interesses diante dos órgãos públicos

Redação
Foto: reprodução/site da ONU
Foto: reprodução/site da ONU

 

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse em um pronunciamento nesta terça-feira (24) que “é hora de agir” contra o lobby de empresas de armas no país, poucas horas depois que um homem de 18 anos abriu fogo contra alunos de uma escola de ensino fundamental do Texas, matando 18 crianças e uma professora.

“Como uma nação, nós devemos nos perguntar ‘quando é que vamos nos opor ao lobby das armas?'”, disse em discurso na Casa Branca. “É hora de agir”.

O democrata pediu ainda que os americanos pressionem seus representantes no Congresso para que deixem de barrar as votações de propostas que podem limitar o acesso às armas.

Lobby é um modelo institucionalizado presente desde a Constituição de 1791 nos EUA, prática regularizada, e que permite que grupos defendam seus interesses diante dos órgãos públicos.

No ano passado, Biden chegou a apresentar uma proposta limitando o acesso, mas o assunto no país é bastante polarizado e o direito de portar armas está na 2ª Emenda da Constituição americana.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.