Publicado em 05/05/2020 às 12h57.

Espanha: Justiça mantém condenação de brasileiro à prisão

Patrick Nogueira está preso na Espanha desde o ano de 2016, quando se entregou às autoridades

Redação
Foto: TV Cabo Branco/Reprodução
Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

 

A justiça da Espanha manteve a condenação a três penas de prisão perpétua do brasileiro François Patrick Nogueira Gouveia, por ter assassinado o tio e dois primos no ano de 2016 na cidade de Pioz, na Espanha. Ele também foi condenado a uma quarta pena, de 25 anos de prisão, pelo assassinato da esposa do tio dele, na mesma ocasião.

Segundo o portal G1, a nova sentença foi divulgada pela Segunda Câmara do supremo Tribunal da Espanha nesta terça-feira (5), após o recurso da defesa de Patrick de que todas as penas fossem reunidas em uma só condenação ser negado.

O brasileiro está preso na Espanha desde o ano de 2016, quando se entregou às autoridades e confessou ter assassinado e esquartejado os tios Janaína Américo, de 40 anos; Marcos Campos Nogueira, de 39 anos; e os filhos do casal, de 1 e 4 anos de idade. Em novembro de 2018 ele foi considerado culpado por um júri popular, e a condenação saiu no final do mesmo mês.

Ainda de acordo com a publicação, a defesa de Patrick havia recorrido da sentença inicial alegando que uma única condenação à prisão permanente revisável pela morte de Marcos, a última cometida cronologicamente, deveria englobar os quatro crimes, já que esta penalidade teria sido aplicada justamente pelo fato dele ter cometido os outros três assassinatos.

 

PUBLICIDADE