Publicado em 23/02/2019 às 18h00.

Maduro desafia o Brasil: ‘Quer trazer caminhão de leite em pó? Eu compro agora’

Em seu discurso, o líder venezuelano a chamou a ajuda dada pelo Brasil e pelos Estados Unidos de "comida podre"

Redação
Foto: Miraflores Palace/Direitos Reservados
Foto: Miraflores Palace/Direitos Reservados

 

O líder venezuelano Nicolás Maduro advertiu o Brasil durante um discurso feito para uma multidão aglomerada em Caracas.

Após anunciar o rompimento das relações diplomáticas com a Colômbia, Maduro direcionou a fala para os brasileiros e afirmou que o país não precisa de doações e que tem como pagar pelos alimentos que o governo de Jair Bolsonaro (PSL) pretende enviar pela fronteira de Roraima.

“Não somos maus pagadores. Somos gente honesta. Nós estamos dispostos a comprar todo arroz, açúcar, leite em pó, carne que quiserem enviar. Quer trazer caminhão de leite em pó? Eu compro agora”, desafiou o político.

Em seu discurso, Maduro ainda chamou a ajuda dada pelo Brasil e pelos Estados Unidos de “comida podre”, e afirmou que a ação era uma tentativa de disfarçar uma suposta invasão militar dos americanos.