Publicado em 16/10/2019 às 10h03.

Ofensiva da Turquia na Síria causa deslocamento de mais de 250 mil pessoas

Tropas turcas invadiram o norte da Síria e assumiram o controle de cidades e vilas fronteiriças; de acordo com a Turquia, objetivo da operação é a eliminação de células terroristas

Agência Brasil
Foto: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

 

Por NHK*

Um grupo humanitário informou que milhares de pessoas abandonaram suas casas no norte da Síria desde que a Turquia iniciou a ofensiva contra combatentes curdos, há uma semana.

Segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, com sede no Reino Unido, mais de 70 civis morreram e mais de 250 mil pessoas abandonaram suas casas.

Na quarta-feira passada (9), tropas turcas entraram no norte da Síria e assumiram o controle de cidades e vilas fronteiriças. De acordo com a Turquia, o objetivo da operação é a eliminação de células terroristas no país.

Com a ação militar turca, combatentes curdos chegaram a um acordo com o governo do presidente sírio, Bashar al-Assad, para conter a ofensiva do país vizinho. Assim, tropas sírias foram posicionadas em cidades no norte do país.

As forças curdas vinham trabalhando com militares dos Estados Unidos em uma campanha contra militantes do grupo Estado Islâmico, antes que o presidente americano Donald Trump ordenasse a retirada de tropas de seu país do norte da Síria.

Os Estados Unidos e nações europeias exigem uma suspensão imediata da ofensiva da Turquia. O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, contudo, se recusa a voltar atrás.

*Emissora pública de televisão do Japão

PUBLICIDADE