Publicado em 22/08/2019 às 17h24.

Presidente da França diz que G7 precisa discutir incêndios na Amazônia

"A Amazônia, o pulmão de nosso planeta, que produz 20% de nosso oxigênio, arde em chamas. É uma crise internacional", escreveu Emmanuel Macron, no Twitter

Redação
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

 

A cúpula do G7, grupo de países formado por Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido, precisa discutir os incêndios na Amazônia, afirmou o presidente francês Emmanuel Macron, nesta quinta-feira (22).

“Nossa casa queima. Literalmente. A Amazônia, o pulmão de nosso planeta, que produz 20% de nosso oxigênio, arde em chamas. É uma crise internacional”, escreveu Macron, no Twitter, ao postar uma foto de um incêndio florestal.

“Membros do G7, vamos nos encontrar daqui a dois dias para falar dessa urgência!”, acrescentou o presidente francês. Há um encontro do G7 agendado para este final de semana, em Biarritz, no sudoeste da França.

PUBLICIDADE