Publicado em 28/11/2015 às 10h40.

Tiroteio em ponto turístico no Egito deixa quatro policiais mortos

Ataque aconteceu neste sábado (28) próximo a sítio histórico localizado nos arredores do Cairo, capital do Egito

Agência Estado

Um tiroteio matou quatro policiais egípcios perto de um local histórico famoso nos arredores do Cairo, capital do Egito, neste sábado (28). Autoridades relataram ainda que um helicóptero militar caiu devido a uma “falha técnica súbita” a nordeste da capital.

Ataque aconteceu em área de atuação do Estado islâmico (Foto: AP)
Ataque aconteceu em área bastante visitada por turistas (Foto: AP)

Homens mascarados em uma motocicleta abriram fogo contra um posto de segurança perto de Saqqara, disse o general da polícia local Khaled Shalaby. O local é muito procurado por turistas por conta da Pirâmide de Zoser, conhecida também como Pirâmide dos Degraus, que tem cerca de 4.600 anos.

O helicóptero que caiu estava em uma missão de reconhecimento a nordeste de Cairo, na província de Ismailia, contou o Exército egípcio em um comunicado. Os membros da tripulação ficaram feridos, mas o exército não deu detalhes sobre a gravidade e o número de feridos.

O Egito vem lutando contra uma insurgência crescente na península do Sinai, ao norte do país, liderada por um grupo local do Estado Islâmico. Os ataques têm como alvos principais policiais e oficiais do exército na região, mas o grupo tem assumido responsabilidade por ataques em outros pontos do Egito

O Estado Islâmico assumiu a responsabilidade pela queda de um avião de passageiros russo em Sinai, no mês passado, dizendo que conseguiu colocar uma bomba a bordo do avião. A Rússia confirmou que o avião foi derrubado por uma bomba, e suspendeu os voos para o Egito. O país africano ainda não confirmou as causas do acidente, e afirma que as investigações estão em andamento.

Fonte: Associated Press

 

PUBLICIDADE
Temas: ataque , Egito , policiais