Publicado em 08/12/2015 às 07h41.

Vaticano reforça segurança

País em alerta para a abertura do 26º sexto ano Jubileu, nesta terça-feira (8)

Redação
Foto (Divulgação)
Foto (Divulgação)

Mais de dois mil policias e forças de ordem irão reforçar a segurança da Cidade do Vaticano na manhã desta terça-feira (8), dia em que o Papa Francisco abre de forma oficial o 26º Ano Jubileu, que vai até 20 de novembro de 2016.

“Estamos vigilantes, mas não em pânico, mesmo não tendo qualquer informação relativa a um alerta específico”, afirmou o autarca de Roma, Franco Gabrielli, que acrescentou que este é o primeiro Jubileu na “era da organização Daesh”, uma possível abreviatura árabe do nome Estado Islâmico.

O início oficial da comemoração é marcado pela simbólica e tradicional abertura, pelo Papa, da Porta Santa, que só acontece durante o Ano Santo, e depois Francisco dirige-se ao túmulo do apóstolo S. Pedro, seguido de cardeais, bispos, religiosos e laicos.

Esta abertura significa que, durante o tempo jubilar, a Igreja oferece aos fiéis um “caminho extraordinário” para a salvação.

PUBLICIDADE