Publicado em 05/12/2019 às 13h57.

Após ter contas rejeitadas, prefeitura nega improbidade e informa que recorrerá

“As falhas técnicas ocorridas, em nenhum momento ensejam improbidade administrativa", afirmou a gestão, por meio de nota

Redação
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

 

Após ter as contas de 2018 rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), a prefeitura de Irecê informou que fará pedido de reconsideração, “uma vez que não ocorreu nenhum ato de improbidade, não se verificando dolo de qualquer natureza”.

“As falhas técnicas ocorridas, em nenhum momento ensejam improbidade administrativa; logo, sem mérito para ensejar problemas de ordem jurídica eleitoral”, afirmou a gestão municipal, por meio de nota.

PUBLICIDADE