Publicado em 09/07/2020 às 16h27.

Cacá Leão diz que ficou ‘surpreso’ com afastamento de Dr. Pitágoras

Deputado federal do PP disse ao bahia.ba que espera que decisão seja revertida nas próximas horas

Matheus Morais
Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados
Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

 

O deputado federal Cacá Leão (PP) afirmou ao bahia.ba na tarde desta quinta-feira (9) que recebeu com surpresa o afastamento do prefeito da cidade de Candeias, Pitágoras Alves da Silva Ibiapina, o Dr. Pitágoras Ibiapina (PP), pela Câmara de Vereadores.

“Não há embasamento legal para esse tipo de situação. Tenho certeza absoluta que isso vai ser revertido nas próximas horas pelos meios legais”, diz o parlamentar.

Pitágoras é investigado pelo Ministério Público Federal (MPF) sob suspeita de superfaturar a compra de respiradores em razão da pandemia de Covid-19. A decisão, por 9 votos a 8, foi tomada durante uma sessão no plenário da Casa nesta quinta-feira (9).

Na denúncia, o MPF apura a prática de sobrepreço, uma vez que o município teria desembolsado R$ 175 mil pelo valor unitário de oito ventiladores pulmonares —para efeito de comparação, a prefeitura de Salvador pagou R$ 32 mil pelo mesmo tipo de equipamento. A suspeita de superfaturamento foi feita por um morador de Candeias.

O afastamento de Pitágoras se dará em caráter cautelar, pelo período de 90 dias. A expectativa é que a vice-prefeita Maria Márcia Gomes (PSDB) seja empossada no cargo hoje.

Mais notícias