Publicado em 20/09/2019 às 16h05.

Dois homens envolvidos em briga de famílias ciganas são presos

Segundo a Polícia Civil, Nivaldo Ribeiro Dantas contratou o bombeiro militar Charles Pereira de Araújo para matar parentes de Zanata Ribeiro Dantas

Redação
Foto: Mateus Pereira/GOVBA
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

 

Dois homens envolvidos em uma briga entre famílias ciganas foram presos no sul da Bahia. Foram detidos o bombeiro militar Charles Pereira de Araújo, de São Paulo, e o cigano Nivaldo Ribeiro Dantas.

Segundo a Polícia Civil, eles estavam em Eunápolis há quatro dias, e planejavam um ataque contra a família de Zanata Ribeiro Dantas, primo de Nivaldo.

De acordo com as investigações, Nivaldo contratou o bombeiro para matar o maior número de pessoas possível.

Charles foi preso durante abordagem em Eunápolis e Nivaldo foi alcançado posteriormente, em Itabela, quando tentava fugir para Vitória (ES).

Ainda conforme a polícia, a guerra entre as referidas famílias ciganas já causou sete mortes e 13 tentativas de homicídios, na Bahia, Tocantins, Maranhão, Rondônia e Distrito Federal, entre fevereiro de 2017 e agosto de 2019.

PUBLICIDADE

Mais notícias