Publicado em 07/03/2017 às 19h50.

Ex-prefeito deve ressarcir mais de R$ 5 mil aos cofres municipais

A relatoria entendeu que Cleova Oliveira Barreto (PSD) foi responsável pela prescrição das multas nos valores iniciais de R$ 700 e R$ 3,5 mil

Redação
(Foto: Divulgação/ Prefeitura)
(Foto: Divulgação/ Prefeitura)

 

O ex-prefeito de Morro do Chapéu, no centro norte baiano, Cleova Oliveira Barreto (PSD) foi punido pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), nesta terça-feira (7), e deve ressarcir os cofres municipais, com recursos pessoais, a quantia de R$ 5,7 mil.

A sanção foi aplicada, segundo o TCM, em razão da omissão do gestor, que deixou de promover a cobrança de multas imputadas pela própria Corte a agentes políticos da cidade.

A relatoria entendeu que o ex-prefeito foi responsável pela prescrição das multas, nos valores iniciais de R$ 700 e R$ 3,5 mil, respectivamente, o que caracteriza renúncia ilegal de receita para o Município. Ainda cabe recurso da decisão.



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.