Publicado em 30/08/2022 às 13h36.

Festival Literário começa nesta terça e vai até 4 de setembro

Evento é organizado pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs)

Redação
Foto: Divulgação/ Flifs
Foto: Divulgação/ Flifs

 

A 15ª edição da Feira do Livro / Festival Literário e Cultural de Feira de Santana (Flifs), evento organizado pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), será realizada desta terça-feira (30) até o próximo dia 4 de setembro, na Praça Padre Ovídio.

Depois de dois anos ocorrendo no formato remoto por conta da pandemia da Covid-19, a programação de 2022, cujo tema é “De volta à praça”, traz novamente a participação presencial do público em diversas atividades como oficinas, recitais de cordel, lançamento de livros, shows, contações de histórias e conversas com autores. Entre os escritores confirmados estão a carioca Eliana Alves Cruz, autora dos romances “Água de Barrela”, “O crime do cais do Valongo” e “Nada digo de ti, que em ti não veja”, e o baiano Aldri Anunciação, também ator e dramaturgo, vencedor do prêmio Jabuti com o livro “Namíbia, não!”, autor de “A trilogia do confinamento”, e roteirista do filme “Medida Provisória”, que tem direção de Lázaro Ramos, e do programa “Conversa Preta” (Rede Bahia/TV Globo).

A programação ainda inclui um bate-papo com o cineasta Antonio Olavo, diretor de documentários como “A História de Canudos”, “Quilombos da Bahia”, “A cor do Trabalho”, “Revolta dos búzios”, entre outros e apresentação teatral “O poeta e o cantador”, de Jackson Costa.

As apresentações culturais vão contar com shows de Roça Sound, Marcionílio Prado, Quarteto de Luiz e Márcia Porto, além de orquestras e fanfarras. Haverá também oficinas de criação literária, roteiro para histórias em quadrinhos e livros cartoneros e sessões de lançamentos de livros com cerca de 50 obras. Para o público infantil, a Flifinha leva à praça apresentações de escolas, apresentações artísticas, contações de histórias, espetáculos circenses e conversas com autores mirins. Já a programação para o público jovem conta com a Batalha do Feira VI, com intervenções artísticas, performances e batalhas de rima.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.