Publicado em 31/10/2019 às 17h11.

Manchas de petróleo cru voltam a aparecer na praia de Arembepe

Dessa vez, a quantidade parece duas vezes maior que a primeira aparição da mancha, segundo a Defesa Civil de Camaçari

Redação
Foto: Ivanaldo Soares /Defesa Civil de Camaçari
Foto: Ivanaldo Soares /Defesa Civil de Camaçari

 

As manchas de petróleo voltaram a a aparecer na Praia de Arembepe, distrito de Camaçari, na região metropolitana de Salvador. Nesta quinta-feira  (31), as pelotas foram observadas por moradores no início da manhã.

A quantidade encontrada ainda não foi calculada, mas já é considerada “duas vezes maior” que o registrado na primeira vez, no último dia 10, segundo a Defesa Civil de Camaçari. Na ocasião, foram retiradas da praia no Litoral Norte duas toneladas de óleo.

Da primeira vez, o óleo foi encontrado em estado mais solidificado. Segundo a aldeia hippie, o mal cheiro provocado pelo composto começou a ser sentido pelos nativos às 4h30.

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) disse que o segundo registro em Arembepe traz o alerta para Salvador. A principal preocupação é com a região da Praia do Flamengo, que foi atingida pelo petróleo cruz no dia 11 de outubro – um dia depois do primeiro registro em Arembepe.

Para a limpeza do local, os voluntários dos Guardiões do Litoral, 15 agentes da Defesa Civil de Camaçari e equipes do Inema seguem na praia.

PUBLICIDADE