Publicado em 09/05/2017 às 20h20.

Prefeito suspende serviço de Sedex para ‘enxugar’ gastos

Devido à medida, as correspondências terão que ser enviadas através das Encomendas Nacionais; a decisão foi decretada nesta terça-feira

Redação
Foto: Gente e Mercado
Foto: Gente e Mercado

 

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (PMDB), excluiu dos gastos do Executivo municipal, nesta terça-feira (9), dois serviços de correspondência da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos: o Sedex e o PAC (Encomenda Econômica).

Devido à medida, as correspondências terão que ser enviadas através das Encomendas Nacionais. O gestor do município pretende, com isso, “enxugar” as despesas.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.