Publicado em 06/07/2020 às 21h20.

Prefeitura decide ampliar leitos do Hospital de Campanha

Prefeitura de Feira afirma que contava com os 40 leitos de UTI do novo Hospital Clériston Andrade, que teve inauguração adiada

Redação
Foto: Prefeitura de Feira de Santana
Foto: Prefeitura de Feira de Santana

 

Com o esgotamento das vagas nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nos hospitais públicos e privados de Feira de Santana, a prefeitura do município, a 108 quilômetros de Salvador, decidiu ampliar a quantidade de leitos do Hospital de Campanha, para 6 ou 10 novas vagas. De acordo com o prefeito Colbert Martins Filho, a decisão foi tomada no final da semana passada e nesta semana assinará o contrato para a ampliação.

“Será um aumento de 60% a 100%, uma adaptação local no próprio Hospital de Campanha. Não gosto de fazer previsões, mas daqui a pouco estaremos com nosso pessoal da procuradoria porque estamos fazendo um aditivo para que sejam implantados estes novos leitos. No entanto é indispensável que o novo Clériston Andrade tenha os novos leitos de UTI”, declarou.

A prefeitura de Feira afirma que contava em sua programação de enfrentamento ao novo coronavírus, com os 40 leitos de UTIs do novo Hospital Clériston Andrade, e diante do adiamento da inauguração, ao mesmo tempo em que o município entra no pico da pandemia, se faz necessário esse aumento de leitos no Hospital de Campanha.

Mais notícias