Publicado em 03/08/2020 às 22h00.

SAC volta a atender a população sob regime especial

Posto se junta aos outros três da Região Metropolitana de Salvador - Camaçari, Simões Filho e Candeias, que funcionam somente por agendamento

Redação

 

Foto: Paula Fróes/GOVBA
Foto: Paula Fróes/GOVBA

 

O SAC Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), retomou o atendimento à população. O funcionamento do posto é sob regime especial, isto é, apenas para documentos essenciais, como RG e Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O horário de atendimento é de 12h às 18h, de segunda a sexta-feira. O SAC Lauro de Freitas fica no Shopping Passeio Norte, na Estrada do Coco. Os outros postos localizados na RMS, Camaçari, Simões Filho e Candeias, também estão atendendo à população sob regime especial.

O atendimento em todos os quatro postos é realizado, exclusivamente, por agendamento através do SAC Digital. Para ter acesso à plataforma, basta digitar o endereço www.sacdigital.ba.gov.br ou baixar o aplicativo disponível para Android e iOS, seguindo o passo a passo para cadastro. Para outras informações, a Secretaria da Administração (Saeb) ainda disponibiliza o site institucional do SAC (www.sac.ba.gov.br) e o call center: 0800 071 5353 ou 4020-5353.

Medidas de segurança 

A Rede SAC reforça a necessidade de os cidadãos redobrar a atenção aos cuidados recomendados pelo Governo do Estado e pela Organização Mundial de Saúde (OMS) ao se dirigem às unidades com atendimento especial, praticando a distância física de um metro e meio entre as pessoas, utilizando máscaras de proteção e buscando atendimento nos postos apenas se já tiverem realizado o agendamento, no dia e horário pré-estabelecidos.

Entre as medidas de segurança adotadas pela Rede SAC estão a disponibilização de dispensers com álcool em gel; reforço na higienização das dependências dos postos, bem como dos móveis; reorganização das salas de espera para promover o distanciamento dos clientes; distanciamento dos funcionários nas recepções e baias de atendimento, bem como uso de máscaras de proteção; e controle do agendamento, estabelecendo o número reduzido de pessoas nas salas de espera, incluindo funcionários, como determinado pelo Decreto Estadual 19.529/20.