Publicado em 07/03/2017 às 15h50.

Sesab promete ações de combate a febre amarela após confirmação de caso

O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, foi à região conferir a execução das ações preventivas no combate ao vírus

Redação
Foto ilustrativa: Cesar Brustolin/Fotos Públicas
Foto ilustrativa: Cesar Brustolin/Fotos Públicas

 

Após o primeiro caso de febre amarela em macaco ser confirmado, nesta terça-feira (7), em Alagoinhas, no nordeste baiano, o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, foi à região conferir a execução das ações preventivas no combate ao vírus. Outros dois registros da doença em símios estão sob investigação na cidade.

As ações englobam a utilização de inseticidas para a redução do número de mosquitos nas áreas urbanas e rurais, sobretudo o Aedes aegypti. Além disso, a Sesab vai dispor de 100 mil doses extras da vacina para ao município.

O monitoramento de animais, o acompanhamento dos casos suspeitos em macacos e humanos, bem como a imunização dos indivíduos que não possuem duas doses registradas no cartão de vacinação, também são planos a serem cumpridos pela pasta.



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.