Publicado em 13/05/2017 às 18h20.

Terceirizados da Uefs estão parados há um mês por atraso de salários

Reitor informou que a universidade tem honrado os seus compromissos com as empresas responsáveis pelas contratações

Redação
Foto: Carlos Augusto/ Guto Jads | Jornal Grande Bahia
Foto: Carlos Augusto/ Guto Jads | Jornal Grande Bahia

 

Os funcionários terceirizados do setor de limpeza da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) estão com os braços cruzados há 34 dias. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Limpeza Pública (Sintralp), os trabalhadores estão com o salário e o auxílio alimentação e transporte atrasados.

De acordo com o site da Acorda Cidade, em virtude da paralisação, a universidade está com as salas e corredores sujos.

O reitor Evandro Nascimento informou que a Uefs tem honrado os seus compromissos com as empresas terceirizadas, mas devido às questões burocráticas – falta de certidões negativas da empresa – a universidade não pode fazer repasses.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.