Publicado em 16/04/2021 às 20h20.

Vigilante suspeito de furtar combustível de aeronave é detido

Segundo a polícia, avião bimotor pertence a um deputado federal

Redação
Foto: divulgação/Polícia Civil
Foto: divulgação/Polícia Civil

 

Um vigilante do aeroporto de Itapetinga foi detido por suspeita de furtar combustível de uma aeronave na quinta-feira (15). Além dele, um comparsa também foi preso. O funcionário confessou o crime a dupla foi encaminhada para a 21ª Coordenadoria Regional de Polícia de Interior (Coorpin/Itapetinga).

O avião bimotor do modelo Beechcraft Baron pertence a um deputado federal. De acordo com a polícia, o furto foi descoberto após uma pane seca do motor direto da aeronave durante o voo entre o Aeroporto de Itapetinga e o de Salvador. Apesar da falta de combustível no meio do voo, o avião conseguiu pousar na capital baiana. O furto foi de cerca de 200 litros.

“A subtração do combustível por pouco não causou a queda da aeronave. O vigilante contou em depoimento que o comparsa subtraiu o combustível porque precisava de dinheiro. O vigilante ainda mostrou aos policiais como era retirado o combustível, através de um dreno que fica sob as asas das aeronaves”, explica o coordenador da 21ª Coorpin, delegado Antônio Roberto Gomes Silva Júnior.

Em depoimento, o vigilante contou que o combustível retirado da aeronave foi colocado em um barril e depois levado para um veículo. “No porta-malas, foi encontrado um vasilhame com um resto do combustível. Havia um forte odor no carro. O material foi levado para a perícia. O outro homem se apresentou na delegacia, mas negou o envolvimento”, afirmou o delegado.

Outros pilotos que conduziam aviões que pernoitaram no Aeroporto de Itapetinga procuraram a 21ª Coorpin por suspeita de outros furtos. O caso será investigado.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.