Publicado em 21/10/2019 às 11h40.

Ala pró-Eduardo Bolsonaro protocola nova lista pela liderança do PSL na Câmara

Semana passada, a Secretaria Geral da Mesa (SGM) validou uma lista pela manutenção do deputado Delegado Waldir (PSL-GO) na liderança do partido

Redação
Foto: Arquivo Pessoal/Instagram
Foto: Arquivo Pessoal/Instagram

 

Uma nova lista para indicar Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como novo líder do partido na Câmara dos Deputados foi protocolada nesta segunda-feira (21) .

Trata-se da quarta apresentada por deputados do PSL nos últimos dias, a terceira em favor do filho do presidente. Segundo o líder do governo na Casa, deputado Vitor Hugo, são 29 signatários na lista.

Na semana passada, a Secretaria Geral da Mesa (SGM) validou uma lista pela manutenção do deputado Delegado Waldir (PSL-GO) na liderança do partido na Câmara.

É preciso ter, no mínimo, 27 assinaturas válidas, mais da metade do número de parlamentares do PSL na Casa. Segundo a SGM, o critério é cronológico. Isso significa que vale a lista mais recentemente apresentada.

Na semana passada, ambas as listas do grupo ligado a Eduardo Bolsonaro tinham sido apresentadas com 27 assinaturas. Após análise da SGM, porém, alguns nomes foram descartados por não baterem com o cartão de assinaturas que todo deputado preenche ao assumir o mandato. No caso de Waldir, a lista tinha 31 assinaturas, mas duas não conferiram.

Assinaturas

De acordo com o portal G1, cinco dos 29 deputados que assinaram a nova lista foram anunciados como suspensos pelo partido na semana passada – Alê Silva, Bibo Nunes, Carlos Jordy, Carla Zambelli, Filipe Barros. Delegado Waldir chegou a dizer na última sexta-feira (18) que, com a suspensão, seus nomes não contariam como válidos para a contagem de uma nova lista de escolha de liderança partidária.
Vitor Hugo porém, disse nesta segunda-feira que as suspensões dos deputados não foram confirmadas oficialmente e por isso todas as assinaturas estão válidas.