Publicado em 24/10/2017 às 10h20.

Aleluia tira Heraldo Rocha do Dnocs devido a candidatura em 2018

“Eu sou candidato a deputado e isso deve ter incomodado. O filho dele [Alexandre Aleluia] é candidato também”, cogitou presidente municipal do DEM

João Brandão
Foto: Divulgação/DEM
Foto: Divulgação/DEM

 

Presidente do Democratas em Salvador, o ex-deputado estadual Heraldo Rocha foi exonerado da coordenação regional do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), a pedido do parlamentar federal e chefe do partido na Bahia, José Carlos Aleluia.

Em entrevista ao bahia.ba, na manhã desta terça-feira (24), o ex-integrante da Assembleia Legislativa disse que o congressista “teve os motivos dele” e supôs que a sua saída esteja relacionada às eleições de 2018.

“Eu sou candidato a deputado estadual e isso deve ter incomodado. O filho dele [vereador Alexandre Aleluia] é candidato também. Ele alegou que não estava correspondendo à sua confiança. Alegou também que a bancada estadual estava insatisfeita, mas não tenho orçamento. Apenas, como brinco, sou despachante de emendas parlamentares. Os deputados federais deram apoio muito grande. São todos colegas meus. Dei andamento às emendas parlamentares que estavam lá”, afirmou Rocha.

O dirigente municipal do DEM pontuou também que “não fez política” no órgão. “Peguei um órgão sucateado. Criei processo de motivação. Lutei muito pela recuperação. A minha experiência na área social é muito grande”, completou.

Procurado pela reportagem, Aleluia, por meio da sua assessoria, disse que não iria comentar o assunto.

PUBLICIDADE
Temas: Dnocs , Heraldo Rocha