Publicado em 01/08/2018 às 18h29.

Após incêndio, Coronel promete votar criação de unidade dos bombeiros no CAB

"Antigamente, há 50 anos, não existia computador. Como engenheiro que sou, acho que a sobrecarga deve estar causando esses incêndios", especulou o deputado

Rodrigo Aguiar
Foto: Vaner Casaes / ALBA
Foto: Vaner Casaes / ALBA

 

Em conversa com a imprensa nesta quarta-feira (1º), o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Ângelo Coronel (PSD) prometeu colocar em votação na próxima sessão ordinária um projeto de sua autoria que prevê a criação de uma unidade do Corpo de Bombeiros no Centro Administrativo da Bahia.

Localizada no CAB, a Assembleia foi atingida por um incêndio no último sábado (28). Ao ser questionado se considerava a possibilidade de incêndio criminoso, Coronel afirmou não fazer “pré-julgamento”.

“Vou esperar o laudo da polícia técnica. Vamos esperar ver se houve crime ou um acidente por causa de curto-circuito”, completou. A perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT) deve ser concluída ainda essa semana.

O presidente da Alba chegou a ensaiar uma provável explicação para as chamas, após defender a necessidade de uma manutenção da rede elétrica. “Antigamente, há 50 anos, não existia computador. Como engenheiro que sou, acho que a sobrecarga deve estar causando esses incêndios nos prédios do CAB”, declarou Coronel, ao lembrar episódios anteriores na própria Assembleia e em outros edifícios do Centro Administrativo.

PUBLICIDADE