Publicado em 29/09/2022 às 17h30.

Assessora de Michelle é escolhida para sediar vice-consulado em Orlando

Fontes no Itamaraty garantem que foi a ingerência da esposa do presidente que garantiu a nomeação

Redação
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

A diplomata Marcela Braga, assessora direta da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, foi escolhida para chefiar o vice-consulado do Brasil em Orlando, recentemente criado por Jair Bolsonaro (PL) e que contou até mesmo com a visita do presidente para sua inauguração, em junho.

Em 2019, a diplomata era apenas segunda-secretária, o que na hierarquia do Itamaraty representa ainda o início da carreira de um servidor da chancelaria.
Mas, em três anos e meio, ela subiu rapidamente. Mesmo assim, a diplomata não seria a escolha mais evidente e sua nomeação para o posto em Orlando causou irritação nos corredores da chancelaria. Tais cargos, tradicionalmente, são destinados às patentes mais elevadas dentro do ministério.

De acordo com a coluna de Jamil Chade, do Portal Uol, para ela conseguir esse cargo, seus colegas a acusam de ter “furado a fila” das promoções e superado cerca de 200 outros diplomatas que, em tese, estariam mais avançados na carreira que ela.

Fontes no Itamaraty garantem que foi a ingerência da esposa do presidente que garantiu a nomeação. Procurada pela coluna, a chancelaria não respondeu sobre quais foram os critérios usados para a nomeação da diplomata.

Orlando, de fato, tem uma importante concentração de brasileiros residentes e ainda é um dos principais destinos de turistas do país. Para que fossem atendidos, os brasileiros eram obrigados a viajar até Miami, onde fica o consulado do país.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.