Publicado em 17/04/2021 às 10h00.

Associação de Magistrados rechaça entrada de juízes na reforma administrativa

Possível entrada da classe no debate no Congresso foi levantada pela presidente da CCJ, Bia Kicis (PSL-DF)

Redação
Foto: Reprodução/ Imagens Públicas
Foto: Reprodução/ Imagens Públicas

 

A possibilidade de os juízes serem incluídos na reforma administrativa foi rechaçada pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB).

Na análise da presidente da entidade, Renata Gil, qualquer proposta que envolva os magistrados é de competência privativa do STF (Supremo Tribunal Federal).

“Não admitiremos qualquer ação em desacordo com os pressupostos da Carta Magna e da Lei Orgânica da Magistratura”, disse, segundo a coluna Painle, da Folha.

A inclusão na reforma foi levantada esta semana pela presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), Bia Kicis (PSL-DF).

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.