Publicado em 10/07/2020 às 18h40.

Bancada do PT na Assembleia propõe homenagem a João Carlos Salles, reitor da Ufba

Homenagem vem após críticas do secretário de Saúde à iniciativa da Ufba contra leitos Covid-19 em hospital onde funciona maternidade

Redação
Foto: Clara Rellstab/bahia.ba
Foto: Clara Rellstab/bahia.ba

 

Os deputados do PT na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) protocolaram nesta sexta-feira (10) um projeto de resolução que concede a Comenda 2 de Julho ao professor João Carlos Salles, reitor da Universidade Federal da Bahia. A homenagem é a maior honraria concedida pela Casa Legislativa.

Salles é filósofo, tradutor e professor titular da universidade. Desde 2014 está à frente da reitoria, ano também em que também passou a ocupar a cadeira de número 32 da Academia de Letras da Bahia.

A homenagem, assinada por todos os deputados da bancada petista, vem após conflito envolvendo o reitor e o governo da Bahia, além da prefeitura. Na semana passada, o secretário de Saúde da gestão do PT no estado, Fábio Vilas-Boas, criticou o reitor por acionar a Justiça contra a instalação de leitos Covid-19 no Hospital Salvador. A unidade recebeu a estrutura da Maternidade Climério de Oliveira, vinculada à Ufba, enquanto as instalações originais passam por obras.

Vilas-Boas chegou a dizer que a iniciativa de Salles é contrária à necessidade da população e do SUS. Em contrapartida, a Ufba afirmou que gestantes, mães e bebês recém-nascidos poderiam ficar “perigosamente expostos” ao novo coronavírus, se os leitos forem instalados.

Mais notícias