Publicado em 14/02/2020 às 14h20.

Bolsonaro nomeia mais um militar e enfraquece núcleo ideológico

O almirante Flavio Augusto Viana Rocha se torna o quarto militar nomeado para assumir uma pasta com status de ministério

Redação
Foto: Isac Nobrega/PR
Foto: Isac Nobrega/PR

 

O presidente Jair Bolsonaro nomeou mais um militar para o Palácio do Planalto. O almirante Flavio Augusto Viana Rocha assume a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), agora vinculada à Presidência.

A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (14). O almirante estava no comando do 1º Distrito Naval, que abriga Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais. Rocha também já foi diretor de Comunicação Social da Marinha e chefe de gabinete do comandante da Marinha.

Com o novo membro do Planalto, perde força a ala ideológica do governo que é orientada pelo escritor Olavo de Carvalho. De acordo com a Folha, Filipe Martins, seguidor do guru ideológico e assessor de assuntos internacionais, terá que responder ao militar.

Entre as atribuições da SAE estão: assistir o presidente na realização de estudos e contatos que subsidiem a coordenação de ações com organizações estrangeiras; preparar material de informação e de apoio para encontros e audiências com autoridades e personalidades estrangeiras; preparar a correspondência do presidente da República com autoridades e personalidades estrangeiras; ações de preparo e execução de viagens internacionais do presidente, bem como encaminhar proposições da área diplomática.

O almirante Flavio Augusto Rocha é o quarto militar nomeado para assumir uma pasta da Presidência com status de ministério. Além do vice-presidente Hamilton Mourão e do porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, foi nomeado nesta semana o general Walter Souza Braga Netto para a Casa Civil.