Publicado em 29/04/2020 às 16h54.

Bolsonaro pede respeito à Constituição ao citar independência entre Poderes

Discurso foi feito em posse do novo ministro da Justiça, André Mendonça, e do substituto dele na AGU, José Levi Mello do Amaral Júnior

Redação
Imagem: Reprodução/ CNN Brasil
Imagem: Reprodução/ CNN Brasil

 

O presidente Jair Bolsonaro pediu respeito à Constituição Federal nesta quarta-feira (29), em discurso feito na posse do novo ministro da Justiça, André Mendonça, e do substituto dele na Advocacia-Geral da União, José Levi Mello do Amaral Júnior. A declaração fazia referência à decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal de Justiça, em barrar a nomeação de Alexandre Ramagem como diretor-geral da Polícia Federal.

De acordo com informações do UOL, Bolsonaro frisou o termo “independentes” ao citar trecho da Constituição que fala sobre a relação entre os Poderes.

“São Poderes da União, independentes, independentes, e harmônicos entre si o Legislativo, o Executivo e o Judiciário. (…) Assim me comporto e dirijo essa nação. Não posso admitir que ninguém ouse desrespeitar ou tentar desbotar a nossa Constituição”, disse.

Bolsonaro reforçou seu interesse em “honrar” Ramagem com posse no comando da PF, e disse ter certeza que o “sonho” dele e do delegado deve se concretizar “em breve”. Na avaliação de Bolsonaro, Ramagem é “homem de elite”, “honrado”, “com vasto conhecimento” e “à altura de ser o chefe da segurança do presidente”.