Publicado em 26/01/2016 às 20h00.

Bolsonaro recebe chuva de purpurina em protesto no RS

O deputado esteve no Rio Grande do Sul, nesta terça-feira (25), para participar de cerimônia na Assembleia Legislativa e foi surpreendido por protesto organizado pelas redes sociais

Redação

Defensor do retorno do regime militar no Brasil, contra os direitos dos homossexuais, a favor da força militar em protestos e manifestações, dentre outras causas polêmicas, o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) foi alvo, na tarde desta segunda-feira (25) de um protesto pouco comum: além dos gritos de repúdio à forma como conduz seu mandato, o parlamentar recebeu uma chuva de glitter promovida por ativistas do movimento Levante Popular da Juventude.

O fato aconteceu quando o deputado passava pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, a convite do general do Exército Edson leal Pujol, que assumiu o Comando Militar do Sul nesta terça-feira.

Beijaço –  O pepista também ficou no meio de uma confusão causada após os ativistas terem deflagrado um “beijaço gay”, organizado anteriormente pelas redes sociais.  Empurrado de um lado para o outro, mesmo tendo sido protegido pelos seguranças, Bolsonaro não conseguiu bater boca com os manifestantes, cerca de 150, conforme organizadores.

 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.