Publicado em 18/06/2021 às 08h40. Atualizado em 18/06/2021 às 09h08.

Bolsonaro se posiciona favorável a projeto que altera Lei de Improbidade Administrativa

Presidente nega que seja para "escancarar a corrupção"

Redação
Foto: Alan Santos/ Presidência da República
Foto: Alan Santos/ Presidência da República

 

O presidente Jair Bolsonaro defendeu o projeto aprovado pela Câmara nesta quinta (17) que altera a Lei de Improbidade Administrativa. Para o presidente, atualmente a lei é usada por opositores dos políticos do Executivo para enfraquecer os governos.

“Tem prefeito que fica 20 anos respondendo a processo”, afirmou. Antes, ele havia declarado que o projeto “não é para escancarar a corrupção”, mas apenas “flexibilizar um pouco isso daí”.

Novo texto aprovado na Câmara prevê que o agente público só responderá por improbidade se for comprovado que agiu com intenção. Atualmente, a lei pune as ações e omissões, independente da intenção do político.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.