Publicado em 30/06/2021 às 16h17.

Câmara dos Deputados recebe pedido de impeachment com 46 signatários

Documento, que tem adesão de partidos, parlamentares e dae entidades, unifica argumentos de outras 123 solicitações

Redação
Foto: Reprodução CNN
Foto: Reprodução CNN

 

O ‘superpedido’ de impeachment do presidente Jair Bolsonaro, com 46 signatários,foi protocolado na tarde desta quarta-feira (30), na Câmara dos Deputados. No pedido, partidos políticos, parlamentares e entidades da sociedade civil unifica argumentos apresentados em outras 123 solicitações da mesma natureza. Com informações do G1 e da CNN Brasil.

De acordo com a CNN, são citados no texto da petição os crimes contra a existência da União; contra o livre exercício dos poderes legislativo e judiciário e dos poderes; constitucionais dos estados; contra o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais;contra a segurança interna; contra a probidade na administração; contra a guarda e legal emprego de dinheiro público e contra o cumprimento de decisões do Judiciário.

Os partidos que subscrevem o pedido de impeachment são PCB, PSB, PT, PSTU, Psol, PDT, PCdoB, PCO, Rede Sustentabilidade e Cidadania. O pedido também é assinado por deputados que já foram aliados do presidente, como Joice Hasselmann (PSL-SP) e Alexandre Frota (PSDB-SP). O deputado Kim Kataguiri (DEM-SP), um dos líderes do Movimento Brasil Livre (MBL) também assina o documento.

As centrais sindicais CUT e Força Sindical, os movimentos sociais Coalizão Negra por Direitos e o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) também estão entre signatários. Outros autores são associações de classe, como a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD).

 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.