Publicado em 22/02/2020 às 06h51.

Cid Gomes diz que não sentiu ao ter tomado tiros no Ceará

Relato foi feito ao deputado federal Túlio Gadelha (PDT)

Redação
Foto: Reprodução/ WhatsApp
Foto: Reprodução/ WhatsApp

 

O senador Cid Gomes não sentiu dor ao ser foi atingido por tiros de bala de fogo, na última quarta-feira (19), quando tentou romper com uma retroescavadeira um bloqueio de policiais amotinados em Sobral, no Ceará.

O relato foi feito ao deputado federal Túlio Gadelha (PDT), que visitou Gomes no Hospital Monte Klinikum nesta quinta-feira (20).

“Ele disse que só percebeu que levou um tiro quando viu que estava sangrando e o avisaram que ele tinha sido baleado”, contou o deputado.

Segundo Túlio, o senador afastado está se recuperando bem.

“Cid estava muito forte para alguém que levou dois tiros no peito. Conversava normalmente para alguém que teve uma bala que passou perto do coração e outra que ficou alojada na parede do pulmão”, acrescentou.

PUBLICIDADE