Publicado em 22/09/2019 às 12h00.

Dario Messer tenta fechar delação premiada com a PF

Preso há um mês e meio pela Lava Jato, o doleiro já prestou alguns depoimentos na sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro

Redação
dario messer foto reproducao tv brasil
Foto: Reprodução / TV Brasil

 

Preso há um mês e meio pela Lava Jato, Dario Messer, conhecido como o doleiro dos doleiros, já prestou alguns depoimentos na sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro para tentar fechar um acordo de delação premiada, segundo o colunista Lauro Jardim, do Globo.

A teia de relações de Messer vai de empresários e esportistas a políticos, inclusive fora do país. O doleiro era próximo, por exemplo, do ex-presidente do Paraguai Horácio Cartes.

PUBLICIDADE