Publicado em 12/08/2022 às 13h30.

Dayane critica Bolsonaro por aproximação com Guilherme de Pádua: ‘Demoníaco’

‘Deus tenha misericórdia desse país, pois o diabo em pele de cordeiro está trabalhando de cara limpa’, disse a deputada

Jamile Amine
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

Antiga aliada e hoje oposição ao presidente Jair Bolsonaro (PL), a deputada federal baiana Dayane Pimentel (União Brasil) criticou o mandatário por aproximação com Guilherme de Pádua, ex-ator que matou a atriz Daniella Perez, nos anos 1990,  e, atualmente, é pastor evangélico.

“Isso aqui já deveria ser motivo suficiente para todos entenderem quem é e o que defende essa familícia. Deus tenha misericórdia desse país, pois o diabo em pele de cordeiro está trabalhando de cara limpa. Demoníaco!”, escreveu a parlamentar evangélica, ao compartilhar uma notícia a respeito de um almoço de Bolsonaro e a primeira-dama, Michelle, com Guilherme de Pádua e a atual esposa do pastor, Juliana Lacerda.

O encontro mencionado por Dayane ocorreu no último domingo (7), em Belo Horizonte (MG). Durante passagem pela capital mineira, o casal também participou de um culto na Igreja Batista da Lagoinha, na qual o ex-ator é pastor.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.