Publicado em 14/11/2019 às 17h18.

Defensor de Gabrielli candidato em 2014, Lula brinca que levou ‘chapéu’ de Wagner

Ex-presidente disse que retirou José Sergio Gabrielli da Petrobras para disputar o governo da Bahia, mas o então governador preferiu apostar na “sua Dilma”

Rodrigo Aguiar
Foto: bahia.ba
Foto: Izis Moacyr / bahia.ba

 

O ex-presidente Lula brincou nesta quinta-feira (14), em discurso em Salvador, que “levou um chapéu” do amigo Jaques Wagner, que indicou Rui Costa como seu candidato ao governo da Bahia em 2014.

Lula contou que retirou José Sergio Gabrielli da Petrobras para disputar o cargo, mas o então governador preferiu apostar na “sua Dilma”, nas palavras do ex-presidente.

“Ele disse: ‘Lula, eu tenho um secretário lá que trabalha para cacete, que conhece toda a Bahia. Acho que não vai dar para o Gabrielli, não’. Como é que eu vou brigar – se ele conhece o cara, escolheu o cara e disse que o cara era a Dilma dele, eu vou falar o quê?”, disse.

Ainda ao falar sobre suas preferências eleitorais, Lula também admitiu que queria ver Wagner como seu candidato em 2018 ao Palácio do Planalto.

“Queria que ele fosse o meu candidato a presidente, ele não quis. O Haddad cumpriu uma tarefa extraordinária e nós descobrimos mais uma grande liderança no PT”, afirmou.

PUBLICIDADE