Publicado em 05/02/2020 às 18h20.

Deputado denuncia calote de R$ 500 milhões de Bolsonaro à Bahia

Robinson Almeida (PT) relatou que o governo Bolsonaro não tem repassado verbas referente a obras de infraestrutura e ao SUS

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

O vice-líder do governo na Assembleia Legislativa (Alba), deputado Robinson Almeida (PT), acusou o governo federal de não repassar R$ 500 milhões referentes a obras e ao sistema de saúde da Bahia. O parlamentar usou a tribuna da Casa para denunciar o caso, atribuindo a responsabilidade ao presidente Jair Bolsonaro.

“A Bahia está sendo perseguida pelo governo Bolsonaro. Jair Bolsonaro mantém uma retaliação implacável contra nosso estado e dá um calote de R$ 500 milhões. Ele não paga o que deveria ser a parte do governo federal nas obras do metrô, concluídas e em funcionamento, na nossa capital”, começou Robinson.

De acordo com o petista, faltam ser repassadas verbas dos corredores de vias estruturas, já executadas pelo governo do estado para ligar a orla atlântica de Salvador ao Subúrbio Ferroviário. Hospitais baianos também não foram credenciados no Sistema Único de Saúde, como o Hospital da Chapada e o Hospital da Costa do Cacau.

Ainda segundo Robinson, os referidos hospitais, policlínicas e obras de infraesturutra estão em funcionamento exclusivamente por causa dos recursos próprios do governo do estado.