Publicado em 26/10/2020 às 15h00.

Desavenças políticas levam Joaci Goes a renunciar na ABL

"Como eu não posso falar? Eu tenho uma biografia. Eu saio, mas eles não vão mandar"

Levi Vasconcelos

Em sessão (virtual) da Academia de Letras da Bahia (ALB) na noite de sexta, o presidente da casa, Joaci Góes, deu ponto final nas desavenças políticas que enfrentava: renunciou à presidência, contra a vontade de grande parte dos acadêmicos.

Empresário a vida inteira, escritor nas horas vagas, Joaci foi deputado federal, e, ideologicamente, sempre se colocou no centro. Como presidente da ABL, não raro declarava uma coisa que ele sempre diz por onde anda:

— Se eu tiver que votar entre Fernandinho Beira Mar e Lula, fico com Fernandinho.

Isso incomodava a esquerda da ABL, capitaneada por João Carlos Salles, reitor da UFBA.

— Como eu não posso falar? Eu tenho uma biografia. Eu saio, mas eles não vão mandar.

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é jornalista político, diretor de jornalismo do Bahia.ba e colunista de A Tarde.