Publicado em 22/08/2017 às 06h14.

Fernando Torres volta para Sedur, mas Josias Gomes não é renomeado

Petista pode mudar de pasta ou retornar para Câmara após minirreforma de Rui Costa, que deve ser anunciada até sexta-feira (25)

Rodrigo Daniel Silva
Foto: Mateus Pereira/ GOVBA
Foto: Mateus Pereira/ GOVBA

 

O deputado federal licenciado Fernando Torres (PSD) foi renomeado secretário estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), mas o petista Josias Gomes continua com o futuro indefinido nas Relações Institucionais (Serin). A nomeação de Torres foi publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (22).

Tanto Torres quanto Josias deixaram suas respectivas pastas, no início deste mês, para votar na denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) por corrupção passiva feita pela Procuradoria Geral da República (PGR). Ambos, sinalizaram que se absteriam, mas recuaram após pressão de aliados.

A demora de Fernando Torres para voltar a Sedur gerou a especulação de que o governador Rui Costa (PT) estaria insatisfeito com o deputado. Fato que foi negado pelo presidente do PSD e senador Otto Alencar.

Já a não renomeação de Josias Gomes aumenta as conversas de que o petista deve realmente deixar a Serin na prometida minirreforma a ser feita pelo governador, que deve ser anunciada até esta sexta-feira (25). Ele pode mudar de cargo ou retornar para a Câmara dos Deputados, de onde pediu licença.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.