Publicado em 29/04/2018 às 16h30.

Filha de Michel Temer é intimada pela Polícia Federal

É a primeira vez na história que filho de um presidente em exercício irá depor à polícia

Redação
Foto: Reprodução/Edição bahia.ba
Foto: Reprodução/Edição bahia.ba

 

A psicóloga e filha do presidente Michel Temer, Maristela Temer, foi intimada pela Polícia Federal para prestar esclarecimentos sobre suas relações – e do pai – com o coronel João Baptista Lima Filho, o coronel Lima, que chegou a ser preso em março na Operação Skala.

A principal pauta do depoimento é uma reforma feita na residência de Maristela, em São Paulo, suspeita de ter sido orçada em torno de R$ 1 milhão bancados com propina recebida pelo coronel Lima da JBS.

A suspeita da Polícia Federal é que Michel Temer tenha lavado dinheiro de propina com reformas e compras de imóveis para seus familiares.

A investigação é parte do inquérito dos portos, que apura supostas irregularidades na edição do Decreto dos Portos.

Essa é a primeira vez que o filho de um presidente é intimado a prestar depoimento enquanto o pai governa o país.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.