Publicado em 19/04/2021 às 06h36.

Frente contra Bolsonaro: centrais sindicais querem FHC, Ciro, Doria, Dino, Maia e Boulos em evento

O Dia do Trabalhador, em 1º de maio, será celebrado com evento virtual que conta com a participação de personalidades políticas

Redação
Foto: Carolina Antunes/PR
Foto: Carolina Antunes/PR

 

As centrais sindicais brasileiras estão se articulando para fortalecer uma frente democrática de oposição ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Para o evento do Dia do Trabalhador, em 1º de maio, foram convidados políticos de diferentes frentes: Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Ciro Gomes (PDT-CE), João Doria (PSDB-SP), Flávio Dino (PCdoB-MA), Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Guilherme Boulos (PSOL).

FHC e Rodrigo Maia já gravaram um vídeo e entregaram para os trabalhadores, que realizarão evento virtual. Dos demais, somente Doria ainda não confirmou se participará do encontro.

Outros importantes nomes, como os dos ex-presidentes Lula (PT) e Dilma Rousseff (PT) costumam marcar presença. Vale lembrar que em 2022 Boulos acabou desistindo de participar do evento por não concordar com o convite feito a Rodrigo Maia, que na época comandava a reforma da Previdência.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.