Publicado em 25/03/2020 às 16h36.

General Heleno volta a despachar no Planalto antes de quarentena acabar

Ministro-chefe do GSI foi diagnosticado com coronavírus no último dia 18, depois de voltar dos Estados Unidos com a comitiva presidencial

Redação
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

O general Augusto Heleno descumpriu ordens médicas e voltou a despachar no Palácio do Planalto antes que acabasse o período de quarentena. O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) foi diagnosticado com coronavírus no último dia 18, depois de voltar dos Estados Unidos com a comitiva presidencial.

De acordo com a Folha, Heleno se manteve em isolamento domiciliar por apenas sete dias. A recomendação do Ministério da Saúde é de distanciamento social por 14 dias. O GSI informou à publicação que o ministro recebeu orientação médica para retomar sua rotina de trabalho.

Também voltou a despachar o chefe da ajudância de ordens da Presidência da República, major Mauro Cid. O militar era um dos membros da comitiva presidencial que viajou aos Estados Unidos.

PUBLICIDADE