Publicado em 17/06/2021 às 15h02.

Governador do Maranhão, Flávio Dino pede desfiliação do PCdoB

"Desejo êxito ao partido na sua caminhada em defesa de uma Pátria Livre e Justa", escreveu

Eduardo Dias
Foto: Matheus Morais/bahia.ba
Foto: Matheus Morais/bahia.ba

 

O governador do Maranhão, Flávio Dino, anunciou nesta quinta-feira (17), através de suas redes sociais, que pediu sua desfiliação do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Ele passou 15 anos no partido e provável destino deve ser o PSB.

“Informo que pedi desfiliação ao PCdoB. Desejo êxito ao partido na sua caminhada em defesa de uma Pátria Livre e Justa. Uma grande Frente da Esperança é um vetor decisivo para um novo ciclo de conquistas sociais para o Brasil. A tal tarefa seguirei me dedicando”, escreveu Dino em seu perfil no Twitter.

“Agradeço ao PCdoB a acolhida fraterna nesses 15 anos de militância. Diferenças que hoje temos, de estratégia e tática políticas, são menos importantes do que o meu reconhecimento ao papel histórico do partido na defesa de um novo projeto nacional de desenvolvimento para o Brasil”, completou.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.