Publicado em 27/05/2020 às 07h20.

Interlocutor de Witzel ligou para ministro do STJ, diz coluna

Polícia Federal cumpriu mandados de apreensão na residência oficial do governador do Rio de Janeiro

Redação
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

 

Um interlocutor do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), telefonou na segunda-feira (25) para o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Benedito Gonçalves para saber se haveria uma operação contra o governador. A informação é da coluna de Guilherme Amado, da revista Época.

Segundo a publicação, o ministro do STJ fez o que manda a lei: disse que não. Na terça-feira (26), a Polícia Federal cumpriu mandados de apreensão na residência oficial do governador do Rio de Janeiro, no âmbito da Operação Placebo, que apura indícios de desvios de recursos destinados no combate ao novo coronavírus (Covid-19).