Publicado em 30/05/2022 às 11h42.

Janones destina R$ 1,9 milhão de emenda para evento com Gusttavo Lima em Minas

Prefeita do município onde acontece o evento é ex-assessora do deputado, investigada junto com ele por suspeita de rachadinha

Redação
Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados
Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

 

Pré-candidato à Presidência da República, o deputado federal André Janones (Avante-MG) destinou R$ 1,9 milhão por meio de emenda parlamentar para custear uma festa com estrelas da música sertaneja, a exemplo de Gusttavo Lima, em sua cidade natal, Ituiutaba (MG).

De acordo com informações do Estadão, a feira agropecuária em questão acontece entre os dias 15 e 25 de setembro, uma semana antes das eleições presidenciais. O evento terá também shows de nomes como Zezé di Camargo e Luciano, João Neto e Frederico, João Bosco e Vinícius e a cantora gospel Fernanda Brum.

Ainda segundo a publicação, a emenda total é de R$ 7 milhões, mas a assessoria de Janones informou que R$ 1,9 milhão será usado para bancar a feira, enquanto o restante poderá ser usado pela prefeitura em outras áreas.

A prefeita do município é Leandra Guedes (Avante), ex-assessora do deputado, que foi investigada junto com ele por suspeita de rachadinha no gabinete na Câmara. O caso é tratado em sigilo pelo Ministério Público Federal e ainda não resultou em nenhum julgamento.

Por meio de nota, André Janones defendeu o uso de emenda para o evento. “Sempre destinei e continuarei destinando emendas para promover festas pro povão, seja de Ituiutaba, do Triângulo mineiro, de toda Minas Gerais e, se eleito presidente, de todo Brasil”, afirmou. “Apesar de ser de portões abertos, a festa não será ‘de graça’, pois o dinheiro que banca tudo sai do bolso do povo e não do meu nem de prefeito nenhum”, concluiu.

A destinação de recursos públicos para a realização de shows musicais entrou no radar dos órgãos de controle após Zé Neto, da dupla com Cristiano, criticar Anitta e afirmar que não depende da Lei Rouanet para se apresentar. O assunto rendeu, porque o sertanejo já fez vários shows bancados por verba pública.

Recentemente, Gusttavo Lima, que também é apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL) e crítico das leis de incentivo, também ganhou os noticiários por conta de um show no valor de R$ 1,2 milhão contratado pela prefeitura de Conceição do Mato Dentro (MG). A apresentação acabou sendo cancelada, após investigação do Ministério Público.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.