Publicado em 21/10/2019 às 11h46.

Jaques Wagner vence no PT da Bahia. Renovou cá e espera lá

A questão é saber se no país a tese vai prevalecer

Levi Vasconcelos
Foto: Ascom/Jaques Wagner
Foto: Ascom/Jaques Wagner

 

Nas manifestações do ‘Lula Livre’ filmadas e amplamente divulgadas nas redes sociais, um fato é notável: os manifestantes, nos shoppings e nas ruas, em grande número, tinham uma característica singular: os cabelos brancos.

Noutras palavras, o PT envelheceu, não tem juventude.

É contra isso, ou a favor da necessidade de renovação, que Jaques Wagner, o maestro da era do PT na Bahia, vinha se batendo. Eden Valadares sempre foi o nome que ele apostou como arauto do novo tempo.

Ganhou. Eden é o presidente. A questão é saber se no país a tese vai prevalecer. Até porque, a chamada que Lula deu em Rui Costa recentemente por conta de uma entrevista do governador baiano à revista Veja pregando a renovação, indica que ainda há muito de velhice a remover.

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é jornalista político, diretor de jornalismo do Bahia.ba e colunista de A Tarde.

PUBLICIDADE