Publicado em 26/02/2019 às 08h25.

Juíza que condenou Lula copiou trecho de decisão de Moro, aponta laudo

Substituta do agora ministro da Justiça e da Segurança Pública, Gabriela Hardt atua na 13ª Vara da Justiça Federal do Paraná

Redação
A juíza Gabriela Hardt (Reprodução / Youtube)
A juíza Gabriela Hardt (Reprodução / Youtube)

A defesa do ex-presidente Lula enviou para exame pericial a decisão em que Gabriela Hardt condenou o petista no caso do sítio de Atibaia (SP), informa a coluna Painel, da Folha.

Resultado: o laudo sustenta que a juíza aproveitou “o mesmo arquivo de texto” usado pelo colega Sergio Moro no caso do tríplex.

Segundo a publicação, o parecer foi feito pelo Instituto Del Picchia. Ele aponta similaridade na formatação dos dois textos e o que chama de lapsos de Hardt, que chegou a copiar trecho do caso do Guarujá na penúltima página de sua sentença, reproduzindo referência a um “apartamento”.

O material será anexado a recursos que os advogados vão apresentar ao TRF-4 e a tribunais superiores. Procurada, a assessoria da 13ª Vara da Justiça Federal do Paraná disse que Gabriela Hardt não iria se manifestar.

PUBLICIDADE