Publicado em 09/11/2019 às 16h00.

Lula cita protestos do Chile e convoca luta contra governo Bolsonaro

“Luta não é ir um dia, depois ficar três meses sem ir. Luta é todo dia”, discursou ex-presidente

Rodrigo Aguiar
São Bernardo 09/11/2019 Lula no Sindicato do Metalurgicos do ABC. Foto Paulo Pinto/FotosPublicas
Foto: Paulo Pinto/FotosPublicas

 

Em discurso na tarde deste sábado (9), o ex-presidente Lula (PT) convocou manifestações de rua contra o governo Bolsonaro e disse que o povo brasileiro está muito “tranquilo”.

“Luta não é ir um dia, depois ficar três meses sem ir. Luta é todo dia”, afirmou, ao citar como exemplo os protestos no Chile, nos quais já foram registrados pelo menos 20 mortos.

“Só iremos salvar esse país se tivermos um pouco mais de coragem”, defendeu. Lula também criticou o presidente Jair Bolsonaro, que classificou como alguém que “nunca trabalhou”.

“Esse cidadão foi eleito. Esse cara tem um mandato de quatro anos. Mas ele foi governado para governar para o povo, e não para os milicianos do Rio de Janeiro”, discursou.

PUBLICIDADE