Publicado em 18/04/2021 às 13h30.

Maia diz que o orçamento está ‘falido’ e que ‘não deveria ser sancionado’

Caso o texto seja sancionado, Bolsonaro corre risco de cometer crime de responsabilidade fiscal

Redação
Foto: Maryanna Oliveira/Agência Câmara
Foto: Maryanna Oliveira/Agência Câmara

 

O ex-presidente da Câmara e deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse que o Orçamento está “falido” e “capturado pelos projetos paroquiais”. O parlamentar se referia ao fato de que o volume de emendas parlamentares é maior do que os recursos destinados aos projetos do governo.

Para o democrata, o Orçamento não deveria ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “Tenho convicção que o presidente não deve e não pode sancionar” afirma Maia ao alertar sobre o risco de Bolsonaro cometer crime de responsabilidade, o que poderia lhe resultar em um processo de impeachment.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.