Publicado em 14/12/2020 às 14h08.

Marcos Vinicius, de Vera Cruz, quer ajustar a ilha para a ponte

"Temos agora a responsabilidade de ajustar tudo para mitigar o impacto da ponte"

Levi Vasconcelos

Marcos Vinicius (MDB), prefeito reeleito de Vera Cruz, não foi só o campeão de votos, com 86,29% do total (20.966 votos), contra cinco candidatos – o segundo foi Magno do PT, com 9,16% do total (2.226 votos). Ele também foi a Itaparica ajudar o amigo Zezinho (PTB) contra a prefeita Marlylda Barbuda (PSB). E ganhou também.

Cerca de 80% do território da Ilha de Itaparica fica com Vera Cruz, e 20%, o filé no encadeamento histórico, com Itaparica. Marcos já não se entendia bem com a colega Marlylda durante a pandemia. Agora, vai tocar o barco como acha melhor.

Primeiro ato: se reuniu com Bruno Reis (DEM), prefeito eleito de Salvador, e com o amigo Zezinho para alinhar a estratégia com a chegada da ponte Salvador Itaparica. A previsão é de que, em 10 anos, Vera Cruz salte dos 60 mil habitantes para 300 mil.

Marcos Vinicius com a palavra:

— Queremos que o governo dê as respostas que queremos. Temos demandas em três áreas cruciais: saúde, segurança e saneamento.

Ele afirma que a Cia. da PM lá deve ser transformada num batalhão; a ampliação e requalificação do hospital seja ampliado e também que um dos mais cruciais problemas, o saneamento básico, seja resolvido.

— Temos agora a responsabilidade de ajustar tudo para mitigar o impacto da ponte.

Até agora, a única certeza é que a ilha vai virar uma extensão de Salvador. O governo se diz atento.

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é jornalista político, diretor de jornalismo do Bahia.ba e colunista de A Tarde.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.