Publicado em 11/09/2019 às 07h33.

Ministério do Meio Ambiente exonera superintendente do Ibama no Pará

Exoneração aconteceu após ele ter afirmado que iria parar destruição de equipamentos apreendidos em garimpos ilegais

Redação
Foto: Reprodução/ TV Globo
Foto: Reprodução/ TV Globo

 

O superintendente do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no Pará, coronel Evandro Cunha, foi exonerado pelo Ministério do Meio Ambiente. A exoneração aconteceu após ele ter afirmado que iria parar a destruição de equipamentos apreendidos em garimpos ilegais no estado. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (11).

De acordo com o portal G1, a declaração foi dada durante audiência pública em Altamira, no sudoeste do Pará, na segunda-feira (9). A destruição de produtos e instrumentos usados em crimes ambientais é autorizada pela legislação ambiental quando não for possível retirar os equipamentos da mata.

Na audiência, o novo superintendente, nomeado no dia 4 de setembro ao cargo, disse que segue ordens do governo federal.

“Fiquem certos que isso [a destruição de equipamentos] vai cessar, entendam que nós somos únicos, mas vamos trabalhar diuturnamente para acabar com essa problemática de estarem danificando patrimônio alheio. O trabalhador merece respeito, e terá o respeito do governo federal. Eu sou soldado e eu sei cumprir ordem, a ordem que recebi foi para parar com isso daí”, afirmou.

PUBLICIDADE

Mais notícias